CURTA BLOG DO CARLOS JORGE NO YOU TUBE

Preso na praia de Santa Clara suposto assassino de jovem

Vítima foi assassinada na cidade de Campos Reviravolta no caso do assassinato da universitária Ana Paula Ramos, que teve morte cerebra...

Gravado em 18 de agosto

Todas as sextas-feiras , a partir das 21h, fazemos uma participação ao vivo pelo face abordando assuntos da região norte e noroeste do Estado do Rio de Janeiro e sul do Estado do Espírito Santo, além das noticias que foram destaque durante a semana nos principais veículos de comunicação do país.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Vítima foi assassinada na cidade de Campos
Reviravolta no caso do assassinato da universitária Ana Paula Ramos, que teve morte cerebral confirmada pelo Hospital Ferreira Machado: não se tratou de latrocínio(assalto seguido de morte). Na verdade, segundo a polícia, uma cunhada da vítima teria sido a mandante. Para que a Ana Paula fosse executada, a cunhada, de 25 anos, teria usado um intermediário para contratar dois matadores por R$ 2,5 mil.
Agentes do Serviço Reservado(P2), GAT II e policiais civis da 146ª DP/Guarus chegaram a esta linha de investigação após a prisão do segundo suspeito de ser o matador de Ana Paula. Ele foi preso no final da noite desta segunda-feira(21), em uma casa da praia de Santa Clara, em SFI, para onde fugiu após o crime. A identificação dele é W.C.S., 19 anos, conhecido como WC.
De acordo ainda com a polícia, além de confessar o crime, ‘WC’ apontou como mandante do crime a cunhada da vítima. O suspeito disse também que ele e seu comparsa, que foi preso no dia do crime, receberam R$ 2,5 mil. Ele também disse que antes de fugir para a praia de Santa Clara, enterrou seu celular no quintal de sua casa, a fim de evitar que fosse rastreado.
VÍTIMA FOI ATRAÍDA POR MANDANTE
A polícia ainda apurou que a suspeita de ser mandante estava com a vítima na praça do Parque Rio Branco, perto do HGG, onde ocorreu o crime na noite do último sábado. Um dos matadores disse que a simulação do assalto não poderia ter ato falho. Inclusive, a mandante também deveria ser roubada.
A polícia ficou surpresa com a forma fria como foi praticado o crime. A suspeita de mandante já havia dado R$ 2 mil adiantados, e estava com R$ 500,00 em dinheiro no dia do crime. A quantia foi levada na simulação do assalto e quitou o pagamento pelo crime.
Como a suspeita de mandante não confessou, a polícia ainda descobriu a motivação do crime. Uma das hipóteses é de crime passional.
INTERMEDIÁRIO
Na manhã desta terça-feira, a polícia prendeu o suspeito de ter contratado os matadores. Trata-se de M.H. D. M, 25 anos, que foi preso no Parque Santa Clara. Na 146ª DP, ele teria confirmado que foi procurado pela cunhada a vítima e aceitou contratar os matadores. M. alegou que não teria recebido dinheiro. A recompensa por ter contrato os matadores seria apenas o concerto do seu celular.
Já a suspeita de ser mandante, negou a participação no crime. Ela prestou depoimento no final da noite desta segunda-feira.
O primeiro matador já havia sido preso no último sábado, quando Ana Paula foi baleada na cabeça e no tórax na Praça do Parque Rio Branco, perto do HGG, em Guarus. Os dois matadores moram na conhecida Rua do Beco, no Parque Santa Rosa, local com grande número de prisões por tráfico de drogas.
MORTE CONFIRMADA
 Uma fonte do  Hospital Ferreira Machado(HFM) informou no final da noite desta segunda-feira(21) a morte cerebral da universitária Ana Paula Ramos, 25 anos, que foi baleada na cabeça e no tórax durante um suposto assalto, na noite do último sábado(19).
No final da tarde desta segunda, a assessoria do Ferreira Machado havia informado que Ana Paula não passou por cirurgia porque, no seu caso, não poderia, já que uma intervenção cirúrgica poderia levá-la a morte, em razão do seu quadro clínico. O procedimento médico, em casos como esse, é de manter o paciente vivo, sedado e com ajuda de aparelhos, até que haja uma reação.
Ana Paula estava cursando Marketing em  uma universidade da cidade. Ela estava noiva e seu casamento estaria marcado para o dia 29 de outubro. Neste domingo (20) passado seria realizado seu “Chá de Lingerie”.
Ainda nesta segunda-feira, parentes e amigos da paciente se reuniram em frente ao Hospital Ferreira Machado, em corrente de oração.
COMO ACONTECEU
A 
jovem universitária Ana Paula Ramos levou três tiros durante um suposto assalto no início da noite deste sábado (19), por volta das 18h, na Rua Comendador Pinto, na Praça do Parque Rio Branco(atrás do HGG), na área Guarus, Campos.  Ela levou um tiro na cabeça e dois no tórax.
A reportagem manteve contato com a Polícia e com parentes e colegas de Ana Paula para apurar como ocorreu e o que ela fazia na praça do Parque Rio Branco, já que era moradora do Parque Eldorado.
De acordo com as informações obtidas, a universitária foi ao Parque Rio Branco em companhia de dois parentes. Um parente de Ana Paula teria ido ao local verificar a obra de uma casa, enquanto ela e outro parente ficaram na praça do bairro. Foi neste momento em que chegaram  bandidos.
De acordo com a polícia, dois bandidos  de bicicleta anunciaram o assalto e exigiram o celular da universitária. Ao contrário do que foi anunciado, Ana Paula não teria reagido ao assalto. Na verdade, ela entregou seu celular aos bandidos e, em seguida, saiu correndo. Nesse momento, um dos bandidos disparou três vezes.
A Polícia Militar realizou buscas e localizou um dos acusados, de iniciais I.M.S., de 19 anos, na Rua Capitão Menezes. Ele foi preso e autuado por tentativa de latrocínio. Por ter machucado a mão durante a fuga, o suspeito foi atendido no Ferreira Machado antes de ser levado para delegacia.

Durante seu depoimento, o acusado negou a autoria, mas foi reconhecido por uma testemunha. A arma do crime ainda não foi encontrada. O acusado foi autuado e levado para a Casa de Custódia. com informações do Campos24horas

Preso na praia de Santa Clara suposto assassino de jovem

Joel Mardegan, de 43 anos, conseguiu colher bons frutos da variedade. 
 Quem planta abacaxi já ouviu falar sobre a Fusariose, doença causada por um fungo e que ataca a planta e apodrece parte do fruto. Em São Francisco de Itabapoana, a doença é conhecida como broca. Para os agricultores desse tipo de cultura, a doença é uma preocupação, principalmente, porque é ela a responsável por aproximadamente 40% das perdas de produção comercializadas no Brasil.
  No entanto, no Espírito Santo (ES), uma pesquisa do Instituto Capixaba de Pesquisa Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), em parceria com Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), resolveu a dor de cabeça dos produtores. Pesquisadores criaram uma variedade da fruta resistente à praga e com outras vantagens: o abacaxi Vitória.
O pesquisador do Incaper José Aires Ventura, de 62 anos, afirma que a pesquisa foi iniciada na década de 80. “No Espírito Santo, o abacaxi é cultivado, principalmente, por agricultores familiares. A melhor estratégia era trabalhar no sentido do melhoramento genético. No caso, desenvolver novas variedades que fossem resistentes à doença”, justifica. O abacaxi Vitória foi lançado em 2006, no município de Sooretama. José conta ainda que a nova versão da fruta não tem espinhos nas folhas, o que facilita os tratos culturais e ajuda o agricultor a organizar o plantio. Além disso, a polpa branca é de 15% a 18% mais doce do que os abacaxis convencionais, como o Pérola. “Além disso tudo, é resistente à principal doença da cultura no país e ainda está dentro do padrão exigido pelo mercado consumidor. Os frutos têm aproximadamente 1,4 kg, miolo pequeno, ou seja, tem mais polpa e é extremamente doce, com um equilíbrio de acidez muito bom”, destaca o pesquisador.
Renda
Em Corda do Mutunzim, no município de Boa Esperança, o agricultor familiar Joel Mardegan, de 43 anos, conseguiu colher bons frutos da variedade. Plantou três mil mudas da planta na primeira tentativa. Na segunda, ao ver o sucesso do resultado, aumentou o número para 10 mil. O aumento da produção, em conjunto com as outras culturas já plantadas na propriedade, gerou a necessidade de um sistema de irrigação maior. Para conseguir melhorar a estrutura, o agricultor contou com o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), coordenado pela Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead).
“Eu trabalhava com o Pérola, mas a produção diminuiu e descobri o abacaxi Vitória. Foi muito bom porque além de comercializar na feira, também vendi por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), e ainda no atacado. O comprador vinha na roça comprar, diretamente comigo”, conta o agricultor. Em 2017, pesquisas realizadas pelo Incaper mostraram que o lucro do agricultor com o Vitória é 274% maior ao obtido com o cultivo do tipo Pérola. Cultivada em fileira dupla, a planta também alcançou lucro 251% superior ao do cultivo do Smooth Cayenne, outra variedade cultivada da fruta. Ventura explica que em um hectare cabem cerca de 52 mil pés da planta e, por ter muitas vantagens, a variedade começou a ser também plantada por grandes produtores.
São Francisco de Itabapoana Produz a variedade Pérola 
São Francisco de Itabapoana, norte do Estado do Rio de Janeiro, é o maior produtor de abacaxi da variedade perola do Brasil. No período da safra, pelo menos 100 caminhões são carregados diariamente com a fruta que tem como destino várias capitais do país, principalmente o mercado do Rio de Janeiro e São Paulo. 
A Fusariose ou broca como é conhecida a doença, é responsável por mais de 20% da perda da produção, além de ser responsável por cerca de 30% do custo de produção, pois o produtor tem que aplicar fungicida várias vezes durante o período de desenvolvimento da fruta. 
A variedade vitória, desenvolvida pelo estado do espírito santo pode ser uma alternativa economicamente viável também para São Francisco de Itabapoana.

Pesquisadores criam abacaxi sem espinhos, com mais polpa e resistente à praga

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

BRASÍLIA - A guerra de liminares em torno do aumento no valor dos combustíveis teve um novo capítulo nesta segunda-feira, dessa vez com prejuízo para os consumidores. O Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, com sede em Brasília, derrubou uma liminar da primeira instância que suspendia o aumento das alíquotas do PIS/Cofins sobre os combustíveis, anunciado pelo governo em julho. Com isso, a medida do governo volta a valer. Foi á quarta vez que uma liminar barrando o aumento dos impostos foi derrubada.
A decisão do TRF foi tomada a pedido da União, sob o argumento de que a liminar da primeira instância era uma “ofensa à ordem pública jurídica, administrativa e econômica”. Segundo a Advocacia-Geral da União (AGU), “o decreto se alinha a uma série de medidas adotadas pela União no sentido de estabelecer o equilíbrio nas contas públicas e a consequente retomada do crescimento econômico”. Ainda de acordo com o recurso, o aumento é “medida imprescindível para que seja viabilizada a arrecadação de aproximadamente R$ 10.4 bilhões” entre julho e dezembro deste ano.
Na decisão, o presidente do TRF, desembargador Hilton Queiroz, concordou com o argumento do governo. “Com efeito, é intuitivo que, no momento ora vivido pelo Brasil, de desequilíbrio orçamentário, quando o governo trabalha com um orçamento negativo, decisões judiciais, como a que ora se analisa, só servem para agravar as dificuldades da manutenção dos serviços públicos e do funcionamento do aparelho governamental, abrindo brecha para um completo descontrole do país, como um todo”, escreveu o magistrado.
O desembargador também afirmou que a decisão da primeira instância barrando o aumento dos combustíveis invadia a área de atuação do Executivo. “A decisão questionada invade competência reservada do Presidente da República”, explicou.
O reajuste nas alíquotas do PIS/Cofins sobre a gasolina, o diesel e o etanol foi determinado por meio de decreto presidencial no dia 20 de julho. A tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro e, sobre o diesel, R$ 0,21 por litro. Para o litro do etanol, a alíquota passou de R$ 0,12 para R$ 0,1309 para o produtor, e, para o distribuidor, a alíquota, antes zerada, aumentou para R$ 0,1109.

Fonte: O Globo.

TRF-1 volta a permitir aumento de PIS/Cofins sobre combustíveis

Três vagas para biólogo júnior, três para bombeiro profissional civil e 25 para auxiliar de logística são algumas das oportunidades de emprego abertas em empresas parceiras da Central do Trabalhador, vinculada à Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda.

Os interessados devem entrar no site www.macae.rj.gov.br/trabalhoerenda, acessar a Área do Trabalhador, cadastrar e agendar para vagas de emprego. Há também a inscrição para carteira de trabalho e de identidade.

Após o agendamento, o candidato deverá comparecer na Central do Trabalhador de Macaé, na Rodovia Amaral Peixoto, s/n, em frente ao Estádio Cláudio Moacyr, na Barra. A documentação necessária para cada serviço encontra-se divulgada no próprio site.
Fonte Ascom

Semana começa com 221 vagas de emprego

Um homem, ainda não identificado, morreu e outro ficou gravemente ferido em uma colisão ocorrida na tarde desta segunda-feira (21), no km 119 da BR 101, altura da localidade de Serrinha, em Campos. O acidente envolveu um caminhão e um veículo de passeio com placa de São Matheus, no Espírito Santo.

De acordo com a Autopista Fluminense, o acidente aconteceu por volta das 13h20, em um trecho de mão dupla da rodovia. O caminhão seguia no sentido Rio de Janeiro, quando houve a colisão. A vítima fatal estava no carro, modelo Pólo, e ficou presa às ferragens. No carona estava outro homem que foi socorrido pelos agentes da Autopista e levado em estado grave para o Hospital Ferreira Machado (HFM).

O motorista do caminhão, R. L, falou do susto vivido com o acidente.

— O impacto foi tão grande que quebrou o eixo dianteiro do caminhão. A sorte minha e do meu ajudante é que a carga de tijolos estava embalada e quando correu ficou presa, não atingiu a cabine. Era para nós dois termos ficado esmagados, foi Deus que nos livrou dessa — disse ele abalado.
Após perícia o acidente foi registrado na 134ª Delegacia de polícia do Centro.
Fonte: Folha1.

Acidente deixa vítima fatal na BR 101

A Defesa Civil de São João da Barra alerta para a possibilidade de ressaca no município até quarta-feira (23), em virtude da frente fria que já chegou ao município. As ondas poderão atingir quatro metros de altura e a orientação aos pescadores é que permaneçam atracados em terra e, os que estiverem no mar, que regressem.

Coordenador da Defesa Civil municipal, Adriano Assis informa que prossegue o monitoramento na costa, principalmente na região de Atafona. “Qualquer emergência entrar em contato pelos telefones 199 ou (22) 2741-8370. No caso dos pescadores no mar, canal marítimo 71”.

A frente fria chega ao município, ainda de acordo com o coordenador, com rajadas de ventos que podem atingir 70 km/hora e chuvas de moderadas a fortes.
Fonte: Secom/SJB

Previsão de ressaca no litoral de SJB

Familiares e amigos da universitária A. P. R, de 25 anos, baleada durante um assalto na noite do último sábado, no Parque Rio Branco, em Guarus, se reuniram nesta segunda-feira em frente ao Hospital Ferreira Machado, onde a jovem permanece internada em estado grave, e fizeram uma corrente de oração pela sua recuperação. Parentes informaram que, na manhã desta segunda, os médicos começaram a retirar os sedativos para aguardar reações da paciente.

No final da tarde ela foi encaminhada para o Centro de tratamento Intensivo (CTI), onde serão feitos exames para identificação de atividades cerebrais. A. P estuda marketing e está com casamento marcado para o dia 21 de outubro. No último domingo, seria realizado seu “Chá de Lingerie”.

Segundo informações de parentes, no sábado A. P estava na praça do parque Rio Branco, acompanhada por sua cunhada e uma prima. A cunhada de A. P teria ido ao local verificar a obra de uma casa, enquanto ela e a prima teriam ficado na praça do bairro. Foi neste momento em que chegaram dois bandidos exigindo o celular. A Polícia Civil contou que, a vítima entregou o celular e correu, um dos criminosos efetuou três disparos. Ela foi atingida por um tiro na cabeça e dois no tórax.

A jovem foi socorrida por pessoas que estavam no local e levada para o hospital. Os criminosos fugiram após o crime. A Polícia Militar realizou buscas e deteve um suspeito na mesma noite. Ele foi encaminhado à 146ª Delegacia de Polícia (Guarus), onde o caso foi registrado. 
Fonte:Folha 1.

Família e amigos em oração no HFM por jovem baleada em assalto

Após um período de calor intenso, uma frente fria voltou ao município de Campos e trouxe transtornos. Na tarde desta segunda-feira (21), após as fortes rajadas de vento que atingiram a cidade, duas árvores caíram sobre fios de alta tensão, deixando moradores dos bairros Parque São Caetano e Santo Amaro sem energia elétrica. Além disso, a ventania também prejudicou os semáforos de vias da área central, que ficaram apagados. Segundo a Defesa Civil, a previsão era de ventos de 46 km/h na sede do município. Em Farol de São Thomé, os ventos chegaram a 60 km/h, mas não há previsão de ressaca. Ainda era esperada para esta segunda, chuva de 10 milímetros.


De acordo com moradores, na Rua Joaquim Tomás de Aquino, no São Caetano, o caso aconteceu por volta das 12h35, quando uma árvore da espécie paineira, de cerca de 12 metros tombou no meio da rua. Agentes do Corpo de Bombeiros informaram que a árvore estava com a raiz podre e, esse fator, somado à ventania, teria ocasionado o incidente. Os veículos que passavam pela via tiveram que desviar pela Rua Barão de Miranda.

No Parque Santo Amaro, uma palmeira de um condomínio, localizado na Avenida Nilo Peçanha, também tombou e chegou a ficar pendurada em fios de alta tensão. Uma moradora do bairro, que preferiu não se identificar, relatou que o caso aconteceu por volta das 13h. “Ela caiu em cima de um carro que passava na hora, mas graças a Deus só chegou a quebrar o vidro do veículo e não deixou ninguém ferido”, disse. O trânsito chegou a ficar interditado na Nilo Peçanha e precisou ser desviado pela Gumercindo de Freitas e pela Avenida 28 de Março.

Por meio de nota, a Defesa Civil Municipal informou que as duas árvores estavam em propriedade particular e o órgão não recebeu nenhum chamado para vistoria, procedimento adotado em casos de risco de queda. O órgão disse ainda que esteve nos bairros e na árvore da Nilo Peçanha, foi constatado comprometimento da base. A Guarda Civil Municipal manteve viaturas no local, fazendo o desvio do trânsito e mantendo a pista isolada, na direção da palmeira.
Até o início da tarde, diversas residências permaneciam sem luz em ambos os bairros. Contatada pela Folha, a Enel Distribuição Rio, concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica no município, disse que ventos fortes provocaram queda de árvore sobre a rede elétrica, causando interrupção no fornecimento nos bairros Parque São Caetano e Parque Santo Amaro. “A empresa esclarece que o fornecimento do Parque São Caetano já foi normalizado, já no Parque Santo Amaro técnicos trabalham para normalizar o serviço mais rápido possível”.
Semáforos sem funcionar - Além do trânsito interrompido por conta das árvores, problemas com semáforos também causaram transtornos aos motoristas na tarde desta segunda. Os condutores que transitaram pelas vias da área central do município, como avenida Alberto Torres, rua Tenente Coronel Cardoso e Gil de Góes, se depararam com os equipamentos apagados.
Em nota, o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) disse que teve ciência de alguns pontos na região da Pelinca, nas proximidades da Câmara Municipal e entre as Ruas Conselheiro José Fernandes e Tenente Coronel Cardoso. Todos relacionados à instabilidade dos ventos e à ausência de energia. "A equipe de atendimento aos semáforos foi deslocada para avaliar eventuais outras necessidades e procedimentos a serem adotados", informou o presidente do IMTT, Renato Siqueira.

Fonte:Folha 1.

Vendaval tomba árvores, deixa bairros sem luz e semáforos apagados


  Bom Jesus do Norte promoveu no domingo(20/08)  o 1º Torneio Interno de Futebol  Society, com alunos do  Projeto Campeões de Futuro, no Campo Bom de Bola, no Bairro São Sebastião. O evento contou com alunos do projeto em Bom Jesus do Norte e com uma equipe convidada, do vizinho município de Bom Jesus do Itabapoana.

Para Anderson Batista, Secretário Municipal de Esportes, o principal objetivo da competição, que é a integração dos jovens, foi alcançada e a Secretaria segue cumprindo a principal proposta do projeto Campeões de Futuro, que é a inclusão e socialização de jovens através do esporte.
O polo do Projeto Campeões de Futuro, em Bom Jesus do Norte, está alcançando alunos de 8 a 16 anos, nas modalidades de Futsal, Futebol Society e Futebol de Campo. “Por orientação do Prefeito Marquinhos Messias, estamos ampliando o número de participantes e já contamos com cerca de 100 jovens que treinam diariamente nas três modalidades”, destaca o Secretário.
O Projeto Campeões de Futuro é uma parceria entre o Estado do Espírito Santo  e o município. Em Bom Jesus do Norte, além das três modalidades administradas pela Secretaria de Esportes, o Projeto Campeões de Futuro conta também com uma equipe na prática do Xadrez, atividade desenvolvida pela Secretaria municipal  de Educação e oficinas  de Capoeira e judô que são desenvolvidas pela Secretaria municipal de Assistência Social,  com aulas ministradas no CRAS do Bairro Vista Alegre. 

Futebol Society promove integração em Bom Jesus do Norte

domingo, 20 de agosto de 2017

 O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta de perigo, com risco de rajadas de vento para cidades do Norte Fluminense e da Região dos Lagos do Rio. De acordo com o Instituto, o alerta terá início as 15h deste domingo (20) e vai até as 18h desta segunda-feira (21).

Segundo a Marinha do Brasil, há riscos de queda de galhos de árvores, com rajadas de vento variando entre 60 km/h e 80 km/h. A recomendação da Defesa Civil é não se abrigar debaixo de árvores, não estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda (risco de queda pelo vento).
Casos de emergência e mais informações podem ser obtidas junto à Defesa Civil (telefone 199) e ao Corpo de Bombeiros (telefone 193). A lista completa de todas as cidades que fazem parte do aviso podem ser conferidas no site do Inmet. Confira a baixo os municípios do Norte Fluminense e da Região dos Lagos que podem ser atingidos pelo alerta, segundo o Inmet.
·                   Armação Dos Búzios
·                   Arraial Do Cabo
·                   Cabo Frio
·                   Campos Dos Goytacazes
·                   Carapebus
·                   Casimiro De Abreu
·                   Iguaba Grande
·                   Macaé
·                   Rio Das Ostras
·                   Saquarema
·                   Silva Jardim
·                   São Francisco De Itabapoana
·                   São João Da Barra

·                   São Pedro Da Aldeia

Alerta de perigo para região costeira do interior do Rio


Cerca de 100 executivos de alto escalão de empresas de robótica ou especializadas em inteligência artificial, entre eles o milionário Elon Musk, escreveram uma carta aberta às Nações Unidas para advertir sobre os perigos das armas autônomas, chamadas de “robôs assassinos”.
As “armas ofensivas [destinadas a matar] autônomas […] provocarão conflitos armados em uma escala jamais vista antes e a velocidades difíceis de conceber pelos humanos”, diz essa carta aberta à Convenção sobre Armas das Nações Unidas.
Entre os signatários destacam-se Elon Musk, presidente da Tesla, fabricante de veículos elétricos e parcialmente autônomos, e da companhia espacial SpaceX, e Mustafa Suleyman, da empresa britânica DeepMind, de propriedade da Google e especializada em inteligência artificial.
“Como empresas que aprimoram as tecnologias de inteligência artificial e de robótica, que podem ser desviadas para desenvolver armas autônomas, nos sentimos particularmente responsáveis por dar o sinal de alarme”, afirmam na carta.

“Podem ser máquinas aterrorizantes, armas que ditadores e terroristas utilizam contra populações inocentes, e armas pirateadas com fins funestos”, acrescentam os firmantes nesta mensagem divulgada pelo Future of Life Institute, organização sem fins lucrativos com sede nos Estados Unidos que se dedica a advertir sobre possíveis estragos das tecnologias.

Especialistas alertam sobre Robôs assassinos

Wagner Fontenelle Pessôa
Havia um personagem na novela “Roque Santeiro”, interpretado pelo ator Rui Rezende, que, embora fazendo um papel secundário, marcou a memória do público televisivo brasileiro, por bastante tempo. Era o professor Astromar Junqueira, que se caracterizava pelo gosto da fala empolada e pelo prazer dos discursos intermináveis.
            De fato, apesar das suspeitas que pesavam sobre o personagem — as de que, à meia-noite, ele se transformava num lobisomem — era essa obsessão que o definia: o seu desmedido apreço pelas palavras difíceis e pelo hábito de, sob qualquer pretexto, proferir um discurso, longo e pedante. Tanto é que, no genial enredo criado pelo autor Dias Gomes, o sorumbático professor acabava sendo acolhido como “orador oficial”, na imaginária cidade de Asa Branca, em que a trama se desenrolava.
            Embora o professor Astromar pareça apenas um produto da ficção, não é incomum encontrar-se, sobretudo em cidades de menor porte, alguns tipos assim como ele. Gente que se deleita em escrever discursos, sob qualquer desculpa, com a expectativa de poder pronunciá-los nas oportunidades que surgirem. Mas isso não chega a ser um problema.
            O problema é quando o orador habitual é convidado a falar em alguma ocasião e não tem o tempo necessário para preparar a sua fala. Porque pode ser que resolva adaptar algum dos textos que já tem em seus alfarrábios, para não perder a oportunidade de discursar e reafirmar a sua fama de orador. É aí que, às vezes, a coisa não funciona bem.
            Certa vez, por exemplo, estive num evento literário que tinha como tema o Natal e as lembranças natalinas de seus participantes. Mas um desses, tido como respeitado orador, na sua vez de falar, sacou do bolso um texto que se referia às lembranças de um casarão de sua família, que ele descrevia de forma alongada e um tanto maçante, da porta de entrada ao fundo do quintal, mencionando as brincadeiras infantis por seus quartos e corredores.
            A narrativa nada tinha a ver com a proposta daquele sarau, que seria a memória dos Natais já vividos pelos que dela participavam. E a embromação ficou perceptível, mas o autor da proeza, para justificar o seu texto — inteiramente fora do contexto — acrescentou ao final de sua leitura: “E foi nesse casarão que passei as melhores festas natalinas da minha infância...”. Francamente, fez um papel ridículo!
            Pois o meu pai costumava contar sobre um velho que morava em determinada cidade do interior, que também era tirado a falar em público. E esse velho tinha o hábito de escrever discursos sobre qualquer tema ou data comemorativa, desde que lhe viesse a necessária verve para isto. Do Ano Novo ao Dia das Mães, passando pela data da Padroeira e pela Semana da Pátria, “se a inspiração lhe desse pista, ele caía dentro” e preparava logo um texto, que lhe serviria para o discurso, na primeira ocasião que surgisse!
            Houve, porém, uma circunstância em que o “discurseiro” foi apanhado desprevenido. De forma mais ou menos imprevista passou pela cidade uma autoridade do Estado — coisa que não era comum naqueles tempos — e a Prefeitura Municipal teve de providenciar, às pressas, uma singela recepção para o político. Foram então procurar o velho orador, para que fizesse a saudação ao ilustre visitante, em nome da coletividade. Ele explicou que não tinha nenhum discurso preparado com esse propósito e nem teria tempo bastante para elaborar, tão rapidamente, um texto dessa responsabilidade. Foi quando um dos auxiliares do prefeito sugeriu:
            — Mas o senhor deve ter outros discursos prontos, com certeza. Tente fazer uma adaptação aí, por favor! O que nós não podemos é deixar de homenagear o homem!
            Sentindo-se importante, o orador disse que veria o que era possível fazer e, no momento certo, lá estava ele, todo enfatiotado e pronto para fazer a saudação oficial ao respeitável visitante. E tendo recebido a palavra para que o fizesse, assim começou:
            — Hoje o dia está tão bonito, o céu está tão azul, o sol brilha com tal intensidade, que só me lembra do 7 de setembro...
            Aí fez uma pausa e ignorando completamente o ilustre visitante, leu um discurso que retirara do fundo do baú, acerca do Dia da Interpendência:
            — O 7 de setembro é a data máxima da nacionalidade brasileira...

            E assim continuou até o fim, sem que a comitiva da autoridade homenageada entendesse patavinas sobre a razão de ser daquele alentado discurso sobre o dia da independência do Brasil. Principalmente, porque ainda nem terminara o mês de março.

Crônica da semana/ AINDA NEM TERMINARA O MÊS DE MARÇO

sábado, 19 de agosto de 2017

Samara da Silva Moreira, 30 anos, foi encontrada morta pendurada por uma blusa amarrada no caibro de sua residência na localidade de Boca da Areia,  em Praça João Pessoa, São Francisco  de Itabapoana.  O corpo foi encontrado pelo marido da vítima, por volta das 12h,  deste sábado (19/08).   
Nenhum carta ou comunicação prévia,  do que teria levada a vítima a cometer  tal atrocidade, foi encontrada até o momento em que estávamos concluindo essa matéria. Samara tinha um casal de filhos, um menino de 10 e uma menina 13 anos, seus familiares são moradores da localidade de 4 bocas, vizinha a boca da areia, localidade onde a vítima residia.

A polícia foi acionada para os procedimentos da ocorrência e posterior investigação do caso.

Mulher comete suicídio em São Francisco

Policiais militares de São Francisco de Itabapoana, em trabalho constante de repressão ao tráfico de drogas, apreenderam na manhã dessa sexta-feira(18/08), grande quantidade de maconha, cerca de 3 quilos, e prenderam 2 elementos, supostamente traficantes donos da droga.

O fato aconteceu na localidade de Sossego, litoral do município, ocasião em que os policiais, a partir de uma denuncia anônima de possível venda de drogas no local, seguiram em incursão na casa indicada onde prenderam, de imediato, um elemento. O segundo suspeito empreendeu fuga, porém foi capturado instantes depois. A droga, material para endolação e os acusados  seguiram sendo apresentados na delegacia, ficando a disposição da justiça.

São Francisco: Muita maconha aprendida na Praia de Sossego

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Representação oferecida pelo Ministério Público de Contas (MPC) em razão de irregularidades nas contratações relativas à construção do posto fiscal José do Carmo, localizado na BR-101 Sul, em Mimoso do Sul, foi convertida em tomada de contas especial na sessão plenária do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCE-ES) desta terça-feira (15). Com isso, os gestores apontados como responsáveis e a empresa contratada terão 30 dias para apresentar justificativas e documentos sobre as falhas identificadas ou recolher aos cofres públicos os valores utilizados de forma indevida, correspondentes a R$ 1.377.879,35, quantia a ser atualizada.

O relator do caso, conselheiro-substituto João Luiz Cotta Lovatti, acompanhou o posicionamento técnico e determinou a citação dos responsáveis para prestarem esclarecimentos sobre quatro irregularidades com indicativos de dano ao erário, além de outras 16 ilegalidades sobre as quais não foram apontados recursos a serem devolvidos.

As irregularidades com eventual dano ao erário apontadas na auditoria são: pagamento de R$ 72.028,27 a mais pelos terrenos devido à eventual divergência entre a área de interesse da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) e a área dos terrenos desapropriados; desequilíbrio do contrato 004/2005, firmado entre o Departamento de Estradas de Rodagem do Espírito Santo (DER-ES) e a empresa Engenharia e Construtora Arariboia Ltda para execução das obras e serviços de terraplanagem, pavimentação e drenagem na infraestrutura do novo posto fiscal José do Carmo, com ocorrência de pagamento a maior na execução do contrato no montante de R$ 376.587,23; pagamentos indevidos por reajustamentos calculados incorretamente no contrato 004/2005, os quais somaram R$ 784.335,01; e ocorrência de pagamento acima do executado no montante de R$ 144.928,84, relativo ao contrato 031/2009, este firmado entre o DER-ES e a Construtora Arariboia objetivando a conclusão das obras do posto fiscal e contemplando serviços de terraplanagem, pavimentação, tratamento de taludes e obras de arte correntes e drenagem.
Deverão prestar esclarecimentos sobre as irregularidades com dano ao erário: José Teófilo de Oliveira, secretário de Estado da Fazenda à época; Eduardo Antônio Mannato Gimenes, então diretor do DER-ES; Alberto Batista da Cunha Neto, Luiz Carlos Menditti e Paulo Roberto Vivas, proprietários dos terrenos desapropriados para construção do novo posto fiscal José do Carmo; José Luiz Demoner de Almeida e Haroldo Barcelos, engenheiros do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal (Idaf); Marcos Ronaldo Valdetaro, gerente de Operações da Regional Sul do DER-ES; Marco Antônio Silva, engenheiro designado como fiscal da Regional Sul do DER-ES; e a empresa Engenharia e Construtora Arariboia Ltda.

Auditoria
Conforme relatório de auditoria, a partir da análise das medições e da inspeção em campo, constatou-se que o volume de recursos dispendidos na obra do posto fiscal José do Carmo, no total de R$ 22.222.180,44, “foi compatível com a magnitude desta intervenção naquele espaço”. A exceção fica por conta do montante total de R$ 1.377.879,35, passíveis de restituição ao erário, dos quais R$ 593.544,34 referentes a pagamentos tidos como indevidos e R$ 784.335,01 referentes a pagamentos por serviços em quantidade superior à efetivamente comprovada durante a auditoria.

Realizada a partir da representação proposta pelo MPC, a auditoria recolheu “evidências de materialidade da obra da infraestrutura do posto fiscal José do Carmo, de fato executada, às margens da BR-101 Sul, na vizinhança do Trevo de Apiacá, a qual consistiu basicamente na movimentação de grandes volumes de terra, obras de drenagem no trecho (envolvendo inclusive a canalização de um córrego) e pavimentação de várias pistas interiores à área do posto, bem como pavimentação de alguns estacionamentos”.

As obras para construção e implantação do novo posto fiscal José do Carmo, em Mimoso do Sul, foram realizadas após a desapropriação de terrenos, adquiridos pela Sefaz no ano de 2003. Contudo, o posto foi extinto por meio de decreto em setembro de 2009 e não chegou de fato a ser concluído.

Processo
Após a manifestação de todos os citados, a representação ministerial será encaminhada para análise conclusiva da área técnica do Tribunal de Contas, que confrontará os documentos e justificativas apresentadas pelos responsáveis com as irregularidades constatadas durante a auditoria. Em seguida, o processo deverá ser encaminhado ao Ministério Público de Contas para emissão de parecer e, na sequência, para elaboração do voto do relator e julgamento pelo Plenário do TCE-ES.
Fonte: Ministério Público de Contas (MPC)

Posto Fiscal de Mimoso do Sul: responsáveis terão de justificar irregularidades em obras

Terminam hoje (18) as inscrições para cursos de formação inicial e continuada e cursos técnicos, dentro do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) – Oferta Voluntária. Nesse segundo lote, foram oferecidas cerca de 500 mil vagas gratuitas, presenciais e a distância.

As inscrições são online e devem ser realizadas por meio do Sistec. Após efetivar a inscrição online, o candidato deverá validar a matrícula entre os dias 28 de agosto e 22 de setembro, no site da instituição que ofertará o seu curso. As aulas terão início no dia 28 de agosto.

Podem se candidatar todos os cidadãos brasileiros com mais de 15 anos. Os cursos, com duração mínima de 160 horas, são oferecidos por instituições privadas de educação profissional e tecnológica, de forma voluntária, e englobam as mais diversas áreas.

Outros dois lotes devem ser ofertados em outubro deste ano e fevereiro de 2018. O primeiro foi oferecido em junho, com 500 mil vagas.
Fonte: Notícias Urbana.

Inscrições para cursos técnicos gratuitos do Pronatec terminam hoje

Inscrições abertas. A Petróleo Brasileiro, Petrobras, está com inscrições do processo seletivo que tem objetivo de preencher 954 vagasem diversos cargos de níveis médio e superior. De acordo com o documento publicado no Diário Oficial da União do dia 14 de agosto, as oportunidades são destinadas a diversos estados do país.
Do quantitativo de vagas, 795 serão destinadas a formação de cadastro reserva. As oportunidades são destinadas aos cargos de Técnico de Manutenção Júnior/Mecânica, Médico do Trabalho Júnior, Técnico de Manutenção Júnior/Caldeiraria, Técnico de Manutenção Júnior/Elétrica, Técnico de Manutenção Júnior/Instrumentação, Técnico de Enfermagem do Trabalho Júnior, Técnico de Inspeção de Equipamentos e Instalações Júnior, Técnico de Operação e Técnico de Segurança Júnior.
De acordo com o edital , os salários oferecidos oscilam entre R$ 3.681,63 e R$ 9.786,14, além de diversos benefícios oferecidos pela empresa: assistência multidisciplinar de saúde (médica, odontológica, psicológica e hospitalar) e benefício farmácia, plano de previdência complementar, opcional, Programa de Assistência Especial (destinado a pessoas com deficiência, filhos de empregados, participação nos lucros e/ou resultados e complementação do auxílio doença. Além disso, haverá benefícios educacionais. A contratação do processo seletivo será feita de acordo com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), em caráter experimental nos primeiros 90 dias, ao término dos quais, se o desempenho do profissional for satisfatório, converter-se-á automaticamente em prazo indeterminado.
Sobre os cargos do Concurso Petrobras 2017
CARGO: MÉDICO(A) DO TRABALHO JÚNIOR.
Requisitos: certificado de conclusão ou diploma, devidamente registrado, de curso de graduação de nível superior, bacharelado, em Medicina, e certificado de conclusão de curso de especialização em nível de pós graduação em Medicina do Trabalho, reconhecidos pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação. Registro no respectivo Conselho de Classe. Exemplo de atribuições: acompanhar, participar e executar atividades relacionadas aos programas médicos e de saúde ocupacional, ergonomia e vigilância epidemiológica, orientando com relação à preservação da saúde; atuar na análise de incidentes, desvios de saúde e acidentes de trabalho, propondo medidas preventivas e corretivas; atuar no processo de contratação, auditoria e avaliação da qualidade de prestação de serviços médicos, em conformidade com as diretrizes, regulamentação e práticas de mercado relativas à saúde suplementar. Remuneração: salário básico de R$ 5.749,30 com garantia de remuneração mínima de R$ 9.786,14.
CARGO: TÉCNICO(A) DE ENFERMAGEM DO TRABALHO JÚNIOR.
Requisitos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em Enfermagem, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação, complementado por curso de qualificação de Auxiliar de Enfermagem do Trabalho. Registro no respectivo Conselho de Classe, como Técnico. Exemplo de atribuições: executar e participar de ações assistenciais de enfermagem dentro do atendimento ambulatorial, e em situações de urgências e emergências, dentro do atendimento pré-hospitalar, e de ações de promoção de saúde, higiene ocupacional, ergonomia e saúde ambiental. Remuneração: salário básico de R$ 2.179,85 com garantia de remuneração mínima de R$ 3.681,63.
CARGO: TÉCNICO(A) DE INSPEÇÃO DE EQUIPAMENTOS E INSTALAÇÕES JÚNIOR.
Requisitos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em: Automação Industrial, Eletroeletrônica, Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica, Fabricação Mecânica, Mecânica, Mecânica de Precisão, Mecatrônica, Metalurgia, Metrologia, Química ou Soldagem, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação. Registro no respectivo Conselho de Classe, como Técnico. Exemplo de atribuições: executar e participar das atividades de inspeções em operação, manutenção, fabricação ou montagem de equipamentos, dutos e instalações, calibração de instrumentos de inspeção, ensaios destrutivos, não destrutivos e metalográficos, testes de pressão, de cálculo de taxa de corrosão e desempenho de equipamentos, controle dimensional e acompanhamento de tratamento térmico, utilizando métodos, instrumentos e equipamentos adequados. Remuneração: salário básico de R$ 2.626,73 com garantia de remuneração mínima de R$ 4.436,38.
CARGO: TÉCNICO(A) DE MANUTENÇÃO JÚNIOR – CALDEIRARIA.
Requisitos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em: Eletromecânica, Fabricação Mecânica, Mecânica, Mecatrônica, Metalurgia ou Soldagem, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação. Registro no respectivo Conselho de Classe, como Técnico. Exemplo de atribuições: executar e participar das tarefas de manutenção corretiva, preventiva e preditiva nas instalações e equipamentos industriais da sua área de especialização, empregando conhecimentos técnicos e operacionais específicos e complementares, de acordo com as instruções técnicas, desenhos, normas e legislação pertinentes; executar a fiscalização técnica dos contratos de serviços. Remuneração: salário básico de R$ 2.626,73 com garantia de remuneração mínima de R$ 4.436,38.
CARGO: TÉCNICO(A) DE MANUTENÇÃO JÚNIOR – ELÉTRICA.
Requisitos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em: Eletroeletrônica, Eletromecânica ou Eletrotécnica, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação. Registro no respectivo Conselho de Classe, como Técnico. Exemplo de atribuições: executar e participar das tarefas de manutenção corretiva, preventiva e preditiva nas instalações e equipamentos industriais da sua área de especialização, empregando conhecimentos técnicos e operacionais específicos e complementares, de acordo com as instruções técnicas, desenhos, normas e legislação pertinentes e a fiscalização técnica dos contratos de serviços. Remuneração: salário básico de R$ 2.626,73 com garantia de remuneração mínima de R$ 4.436,38.
CARGO: TÉCNICO(A) DE MANUTENÇÃO JÚNIOR – INSTRUMENTAÇÃO.
Requisitos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em: Automação Industrial, Eletrônica, Eletroeletrônica, Mecatrônica ou Metrologia, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação. Registro no respectivo Conselho de Classe, como Técnico. Exemplo de atribuições: executar e participar das tarefas de manutenção corretiva, preventiva e preditiva nas instalações e equipamentos industriais da sua área de especialização, empregando conhecimentos técnicos e operacionais específicos e complementares, de acordo com as instruções técnicas, desenhos, normas e legislação pertinentes e executar a fiscalização técnica dos contratos de serviços. Remuneração: salário básico de R$ 2.626,73 com garantia de remuneração mínima de R$ 4.436,38.
CARGO: TÉCNICO(A) DE MANUTENÇÃO JÚNIOR – MECÂNICA.
Requisitos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em: Eletromecânica, Fabricação Mecânica, Manutenção de Aeronaves, Manutenção de Máquinas Pesadas, Mecânica, Mecânica de Aeronaves, Mecânica de Precisão e Soldagem, expedido por instituição de ensino reconhecida Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação. Registro no respectivo Conselho de Classe, como Técnico. Exemplo de atribuições: executar e participar das tarefas de manutenção corretiva, preventiva e preditiva nas instalações e equipamentos industriais da sua área de especialização, empregando conhecimentos técnicos e operacionais específicos e complementares, de acordo com as instruções técnicas, desenhos, normas e legislação pertinente e; executar a fiscalização técnica dos contratos de serviços. Remuneração: salário básico de R$ 2.626,73 com garantia de remuneração mínima de R$ 4.436,38.
CARGO: TÉCNICO(A) DE OPERAÇÃO JÚNIOR.
Requisitos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em: Análises Químicas, Automação Industrial, Construção Naval, Eletricidade e Instrumentos Aeronáuticos, Eletroeletrônica, Eletromecânica, Eletrônica, Eletrotécnica, Fabricação Mecânica, Manutenção Automotiva, Manutenção de Aeronaves, Manutenção de Máquinas Pesadas, Máquinas Navais, Mecânica, Mecânica de Aeronaves, Mecânica de Precisão, Mecatrônica, Metalurgia, Metrologia, Petróleo e Gás, Petroquímica, Plásticos, Química, Refrigeração e Climatização, Sistemas a Gás ou Soldagem, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação. Exemplo de atribuições: executar e participar das atividades de operação das instalações, equipamentos, painéis de controle, sistemas supervisórios e de monitoramento dentro dos padrões técnicos estabelecidos e das normas operacionais, controlando variáveis operacionais, observando a existência de anormalidades; atuar no processo de manutenção suprindo ás necessidades de primeiro nível, direcionados as demais demandas conforme normas predefinidas, acompanhando e testando as correções. Remuneração: salário básico de R$ 2.626,73 com garantia de remuneração mínima de R$ 4.436,38.
CARGO: TÉCNICO(A) DE SEGURANÇA JÚNIOR.
Requisitos: diploma ou certificado de habilitação de técnico de nível médio em Segurança do Trabalho, ou de curso de nível médio acrescido de diploma ou certificado de conclusão de curso de Supervisor de Segurança do Trabalho, expedidos por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, Secretarias ou Conselhos Estaduais de Educação. Registro no Ministério do Trabalho e Emprego. Exemplo de atribuições: executar e participar de estudos, avaliações e inspeções das condições de trabalho, quanto aos aspectos de segurança, e de treinamentos teórico e prático sobre segurança, visando manter os trabalhadores informados e treinados sobre os riscos, normas e procedimentos aplicáveis; complementarmente, atuar na condução de veículos automotores, especificamente nas atividades de prevenção ou mitigação de acidentes e execução do plano de respostas de emergências. Remuneração: salário básico de R$ 2.626,73 com garantia de remuneração mínima de R$ 4.436,38.
Lotação das vagas do Concurso Petrobras 2017
O restante das vagas, 159, são para preenchimento imediato. As oportunidades são para lotação em Alagoas, Amazonas, Alto do Rodrigues (RN), Mossoró (RN), Natal (RN), São Mateus (ES), Rio de Janeiro (RJ), Anchieta (ES), Angra dos Reis (RJ), Bertioga (SP), Cubatão (SP), Duque de Caxias (RJ), Guarujá (SP), Itaboraí (RJ), Itanhaém (SP), Macaé (RJ), Rio de Janeiro (RJ), Sergipe (SE), Santos (SP), Seropédica (RJ) ou Vitória (ES).
Inscrição Concurso Petrobras 2017
Os interessados em concorrer a uma das vagas no concurso da Petrobras 2017 poderão se inscrever até 04 de setembro de 2017, no endereço eletrônico oficial da organizadora do concurso (www.cesgranrio.org.br). A taxa de inscrição custará:
R$47,00 para nível médio; e
R$67,00 para nível superior.
Provas Concurso Petrobras 2017
Os inscritos no concurso serão avaliados por provas objetivas, a serem aplicadas em 1º de outubro de 2017 nas cidades de Natal (RN), Maceió (AL), Aracaju (SE), Manaus (AM), Rio de Janeiro (RJ), Vitória (ES), Macaé (RJ), Santos (SP) e Vitória (ES). Os locais e horários de provas serão divulgados oportunamente.
Os gabaritos preliminares serão informados no dia 02 de outubro de 2017, no site já citado.
Sobre a Petrobras
A Petrobras é uma sociedade de economia mista, sob controle da União, cuja história começou em 3 de outubro de 1953. De lá para cá, muitos desafios foram enfrentados, muito trabalho foi desenvolvido e muitas conquistas foram alcançadas. Hoje somos uma empresa que atua de forma integrada na indústria de óleo, gás natural e energia, participando dos segmentos de exploração e produção, refino, comercialização, transporte, petroquímica, distribuição de derivados, gás natural, geração de energia elétrica, gás-química e biocombustíveis. O que nos caracteriza é a capacidade de superar desafios.
Com isso somos líderes na exploração e produção de petróleo em águas profundas e descobrimos óleo e gás na camada pré-sal, sete mil metros abaixo da superfície do mar. Dominamos a tecnologia de ponta em exploração em águas ultraprofundas e nossa expertise também se estende à terra firme, nos permitindo produzir óleo e gás dentro da Floresta Amazônica, há 30 anos, sem alterar o delicado equilíbrio ambiental da região.
Edital Concurso Petrobras 2017- Diário Oficial da União.
Fonte: Notícia Concurso.

Petrobras abre inscrições com 954 vagas para nível médio, técnico e superior! Até R$ 9.786,14

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

TOTAL DE VISUALIZAÇÔES

Baixe o aplicativo em seu smartphone

Baixe o aplicativo em seu smartphone

Seguidores

Arquivo do blog