Eleições em Cabo Frio: mesmo sem candidatos oficiais, disputa pega fogo



Esta segunda-feira (14) é o prazo final para os partidos realizarem suas convenções e decidirem quais serão os candidatos às eleições suplementares de Cabo Frio — mas a disputa já segue a todo vapor no município da Região dos Lagos que ficou em último lugar em transparência.
Inclusive, já existe até uma notícia falsa: circula pelas redes sociais uma imagem fabricada de um suposto grupo de WhatsApp formado por diversos adversários do ex-prefeito Marquinhos Mendes (MDB) — cujo registro de candidatura de 2016 foi cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).
O print mostra o desafeto de Marquinhos, o ex-prefeito Alair Corrêa (PP), pedindo ao deputado estadual Janio Mendes (PDT), ao ex-candidato Claudio Leitão (PSOL) e ao vereador Rafael Peçanha (PDT) que se unam em um "chapão" em prol de Doutor Adriano (Rede) — segundo lugar no último pleito e candidatíssimo neste.
A resposta de Janio Mendes — que é candidato sim, só que à reeleição como deputado — tem sido divulgada pelo WhatsApp. Diz o moço que não é amigo de Alair e nunca se comunicou com ele pelas redes sociais.
"A única certeza que o post traz é a de que lutarei com todas as minhas forças para derrotar este modelo de 20 anos que une MM a Alair. O desespero de quem criou essa fake news é a prova de que estou no caminho certo", diz a mensagem.
Do outro lado da disputa, os adversários políticos do emedebista têm feito a festa com a divulgação de listas de cargos comissionados em sua breve gestão.
Como diz a nota "Que coisa feia", publicada na edição impressa de domingo (13), há nomes de parentes de vereadores da base do ex-prefeito, políticos e sindicalistas. Só uma delas tinha 600 nomes conhecidos na cidade.
Fonte: Extra/Globo




Nenhum comentário

Obrigado por sua visita e comentário;a interatividade nos estimula cada vez mais a trabalhar neste projeto