Mulher tenta levar bebê no Hospital Público de Macaé


Por pouco um bebê não foi levado por uma mulher do Hospital Público de Macaé (HFM), neste domingo (13/05).
Segundo a Polícia Militar, a suspeita teria tentado sair com a criança da unidade, mas foi impedida por agentes da Guarda Civil Municipal. A corporação mantém um policial no local e ele chamou outra equipe que encaminhou a suspeita para a delegacia da cidade.
De acordo com a prefeitura, o caso aconteceu no horário de visita da maternidade e pacientes chamaram a Guarda dizendo que tinha uma mulher em atitude suspeita. Pessoas até tentaram agredi-la, mas ela foi retirada a tempo do local.
“A mulher foi conduzida para a delegacia onde foi constatado que a mesma sofre de transtornos psicológicos, mediante apresentação de laudos médicos pela família dela. A mesma foi encaminhada ao Pronto Socorro do Aeroporto para atendimento. A direção do HPM informa que foi aberta sindicância para apurar o caso e que, diariamente, uma média de cinco guardas municipais atuam de plantão na unidade com destacamento específico de um guarda para o setor da Maternidade no horário da visita, além do policial militar que fica no local 24h”, ressaltou o governo municipal em nota.
Fonte: NFNotícias



Um comentário:

  1. tudo mentira nem foi a guarda do hpm que conteve a mulher foi o pai de uma criança que esta enternada no hpm que achou ela na hora que estava indo embora e levou pra dentro do hpm eu estava enternado com meu filho aonde aconteceu tudo,agora vem dizer que ela tem distúrbio mental e o comparsa dela que sumiu tb tem dispurbio?por favor aqueles guardas não presta pra nada entrao e sai quem quer na hora que quer la de dentro meu esposo cansou de chegar do serviço chegava la no hpm semprs 23hs e ninguém barava ele,deixa essa mulher solta e espera acontecer o pior ela tem distúrbio mas já ia carrega a criança agora imagina se ela some com essa criança? queria ver se a guarda DO HPM IA SE RESPONSABILIZAR bando de inúteis.

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita e comentário;a interatividade nos estimula cada vez mais a trabalhar neste projeto