Prefeitura de São Francisco pode suspender serviços por falta de combustíveis


A greve dos caminhoneiros já começa a provocar o desabastecimento de alguns postos de combustíveis na região norte do Estado do Rio de Janeiro. Em São Francisco de Itabapoana, a prefeitura informou através de nota que poderá suspender alguns serviços a população, pois o posto que fornece combustíveis para a prefeitura está com estoque baixo, podendo acabar a qualquer momento.
A nota afirma ainda que os serviços essenciais de resgate e movimentação de ambulâncias serão priorizados.  
Caso a paralisação continue, a Secretaria Municipal de Educação pode comunicar o cancelamento das aulas. A Secretaria Municipal de Transporte também poderá ter suas atividades interferidas. Além dessas Secretarias, outras também poderão ser afetadas pela greve. A situação será normalizada logo que termine a greve.
Transporte no Grande Rio também pode parar
Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) e o Rio Ônibus (sindicato que representa os empresários de ônibus) emitiram nota nesta terça-feira (22) informando que o protesto nacional de caminhoneiros já afeta o abastecimento de combustível dos ônibus no Grande Rio.
Situação crítica no Rio Grande do Sul
O protesto de caminhoneiros contra o aumento no valor dos combustíveis chega ao terceiro dia e já afeta o abastecimento de postos em pelo menos três municípios do Rio Grande do Sul. Em Pelotas, no Sul do estado, são cinco postos sem gasolina, e em Uruguaiana, na Fronteira Oeste, seis estabelecimentos estão desabastecidos.

Nenhum comentário

Obrigado por sua visita e comentário;a interatividade nos estimula cada vez mais a trabalhar neste projeto