Marceneiro é preso suspeito de estuprar a filha de 5 anos e filmar o ato no ES


Um marceneiro de 23 anos foi preso nesta segunda-feira (16), por suspeita de estuprar a própria filha, de cinco anos, em Cariacica, na Grande Vitória. Segundo a polícia, ele registrava os abusos em áudio e vídeo para assistir depois.
O crime foi descoberto pela mãe da criança, que denunciou o caso à polícia. O suspeito vai responder por estupro de vulnerável, produção e armazenamento de conteúdo pornográfico envolvendo menor.
De acordo com o titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Lorenzo Pazolini, o suspeito trabalhava fora durante o dia, mas ficava sozinho com a criança à noite, quando a mãe da menina ia para a igreja.
Além de estuprar a criança, ele gravava os abusos. O crime foi descoberto pela mãe da menina, que encontrou os vídeos ao mexer no celular do marido. Após a descoberta, o suspeito tentou agredir a mulher e fugiu segundo delegado.
“Houve uma discussão entre o casal, obviamente ela reagiu naquele momento, aquilo chamou atenção dos vizinhos. O acusado, então, pegou uma faca, tentou agredir a esposa. Posteriormente forjou uma tentativa de suicídio e fugiu”, explicou Pazolini.
O suspeito foi intimado e, ao comparecer à delegacia, foi preso. Segundo a polícia, ele confessou os abusos e disse estar arrependido.
Pazolini acrescentou, ainda, que, inicialmente, a criança negou que tivesse sido abusada. “O primeiro atendimento dela foi muito difícil porque, mesmo diante do vídeo, tamanha pressão psicológica, ela negou os fatos. Mas, com atendimento psicossocial, ela começou a relatar toda a violência sexual”, explicou o delegado.
Fonte: Kennedy em dia.



Nenhum comentário

Obrigado por sua visita e comentário;a interatividade nos estimula cada vez mais a trabalhar neste projeto