PORTO CENTRAL DE KENNEDY: OPORTUNIDADES DEBATIDAS EM SEMINÁRIO

José salomão falou da infraestrutura do Porto

 O Porto Central é um complexo portuário Industrial de águas profundas cujo os sócios são o Porto de Roterdã e a TPK logística S.A. O projeto será construído no modelo de condomínio no qual os empreendedores são os responsáveis pela infraestrutura portuária, terrestre e de utilidades, e os clientes do Porto  Central arrendam áreas para a implantação de suas respectivas industrias ou terminais.

Seminário:

As inúmeras possibilidades de investimentos no Porto, foi tema de importante Semanário na noite desta quinta-feira(17) na cidade de Apiacá, sul do Estado do Espírito Santo.  O evento promovido pela Rádio Bom Jesus, TPK Logística S/A e  Porto de Rotterdam, reuniu autoridades regionais, investidores dos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.
Três palestras sintetizaram informações importantes sobre o futuro econômico capixaba e a instalação do Porto e os efeitos positivos da economia na região. O engenheiro José Salomão Fadlaah, diretor de Desenvolvimento do Projeto e responsável pelo licenciamento ambiental do Porto Central, falou das licenças que foram liberadas para operação do Porto e a Infraestrutura que deverá ser implantada com vários terminais entre eles os terminais de minério de ferro e carvão, petróleo, grãos e fertilizantes, terminal de contêineres, estaleiros de reparação naval, heliporto entre outros estruturas.
Durval Vieira /possibilidades de investimentos
O Engenheiro Durval Vieira de Freitas (Consultor Empresarial e Gerente de Petróleo e Gás da Federação das Indústrias do Estado do Espírito Santo – FINDES), Falou sobre as inúmeras possibilidades de utilização do Porto. “Temos tudo para alavancar a economia do sul do estado, não estamos crescendo mais por falta de porto para o embarque da nossa produção. O setor de rochas é um exemplo claro disso.  O porto é uma realidade necessária. Está acontecendo e  nós temos que nos preparar para isso” , destacou Durval.     
O terceiro palestrante da noite foi  Neucimar Fraga, ex- subsecretário de Estado de Logística, Transporte e Comércio Exterior, que atuou diretamente no processo de licenciamento do Porto Central. Neucimar falou da importância das licenças de operação que já estão definidas e da capacidade do empreendimento de alavancar a economia dos municípios da região. “Os prefeitos tem que buscar adequar seus municípios para o crescimento, o PDN- Plano de Desenvolvimento Municipal tem que está pronto, atualizado com a nova realidade; condições tributárias para atrair empresas, qualificação de mão de obra e outras tantas medidas que tem que ser pra ontem, pois o porto está aí para acontecer e quem não se atualizar vai fica fora da rota do desenvolvimento. O cavalo está passando selado em nossa porta, se não embarcarmos ficaremos para trás ” destacou Neucimar.
Oportunidade de desenvolvimento
O ex- subsecretário falou ainda dos investimentos do governo do estado em vários setores  da economia  e das estratégias fiscais para atrair empresas para o território capixaba.
Um dos presentes ao evento, foi o Prefeito de Bom Jesus do Norte Marquinhos Messias que saiu do evento otimista . “Teremos duas histórias para contar no futuro, uma antes e outra depois do Porto Central. Esse investimento é uma realidade e vai transformar a nossa região. Como Prefeito estamos muito focados em gerar desenvolvimento para o município e o Porto será essa porta de entrada para o desenvolvimento”, afirmou Marquinhos Messias.  

Geração de empregos:
O Porto de Roterdam é o principal acionista do empreendimento e detém cerca de 30% do investimento que deve gerar  6,5 mil  empregos, possibilidade que já está atraindo a atenção de muita gente. As obras estão previstas para iniciar no começo de 2019 e o Porto deve entrar em operação em 2022.
Enaldo Barreto, diretor da Rádio Bom Jesus
 fez o encerramento do evento, destacando

 a importância do porto para a região 
Autoridades:

Além do Prefeito de Bom Jesus do Norte Marquinhos Messias, estiveram presentes ainda o Prefeito de Apiacá Fabrício Thebaldi, vice-prefeita de Apiacá, Edilane Bessa, deputada estadual Luzia Toledo, vereadores de Apiacá Miguel Afonso(presidente da Câmara),  Mauro Cesar Scarpini e Paulo Sérgio da Silva. De Bom Jesus do Norte estiveram os vereadores: José Manoel de Medeiros, Fernando Carvalho, Aquiles Zanon e João Batista Oliveira.  
Entre as autoridades, estiveram ainda representantes do executivo municipal de mimoso do sul.
Empresários:

Dezenas de empresários estiveram presentes ao evento, entre eles: Luiz Carlos Bicalho, presidente do Movimento Empresarial Sul Capixaba(Messes), Rogério Ribeiro do Carmo, Assessor Institucional do Sindirochas (Cachoeiro de Itapemirim), Luiz Mário Concebida, Gerente  Regional Norte Fluminense do Sistema FIRJAN(RJ).
O cerimonial do evento foi conduzido pelo competente advogado Drº Wagner Fontenelle Pessôa.  
Reportagem e fotos: Carlos Jorge

Wagner Fontenelle Pessôa, colunista do Blog.
 Conduziu o cerimonial















2 comentários:

  1. Infelizmente não pude participar, como gostaria de ter feito.

    ResponderExcluir
  2. Uma bela cobertura, Carlos Jorge, para o esclarecimento de quem não foi. E quem não foi, não sabe o que perdeu!

    ResponderExcluir

Obrigado por sua visita e comentário;a interatividade nos estimula cada vez mais a trabalhar neste projeto